Pequenas e Belas Viagens

Como fazer uma viagem de carro ao Uruguai

Viagem de carro ao UruguaiEsse é o primeiro post sobre nossa viagem ao Uruguai que fizemos em Dezembro/2016. Iniciamos nossa viagem no domingo e retornamos no sábado. Nesta viagem tivemos a companhia de um casal de amigos especiais, o Adelinho e a Denize. O legal de uma viagem de carro é que o passeio não é somente o destino em si, mas o caminho. E rende boas histórias para contar.

Ao todo fizemos 2.730,5 km! Trocamos pneus, tivemos dúvidas, conhecemos paisagens e rotas diferentes, aprendemos e nos divertimos bastante! Vou explicar todos os detalhes práticos para você, confere aí:

Documentação:

  1. Pessoal: Para brasileiros não é necessário visto para turistas entrarem no Uruguai. Você precisa do RG emitido há menos de 10 anos, em bom estado, com foto legível e reconhecível ou passaporte válido.
  2. Veículo: Nós fomos com o nosso carro particular, então na fronteira, apenas precisamos apresentar os documentos do veículo e os documentos da pessoa proprietária do veículo. Mas nos casos de o veículo não estar no nome de quem está viajando, estar em nome de Pessoa Jurídica, ou alienado, é necessária uma autorização. Para mais informações sobre os procedimentos consulte http://www.emburuguai.org.br
  3. Seguro do veículo: É necessário fazer o seguro Carta Verde para o veículo. Para o período de 05 dias, pagamos R$: 69,00.
  4. Para o motorista: É necessário a Carteira de Habilitação, CNH. Por precaução eu e o Renato também emitimos a Permissão Internacional para dirigir (PID). Mas em nossa viagem não fomos parados nenhuma vez por policiais e não foi necessário apresenta-las.
  5. Seguro de viagem: O seguro de viagem não é obrigatório. (Obrigatório é o seguro Carta Verde para o veículo), porém sempre fazemos um seguro de viagem por opção nossa. E recomendamos a qualquer viajante que vá a outro país a fazer também. Afinal, a viagem é um momento único em nossas vidas, caso ocorra algum imprevisto um seguro fará toda a diferença para não estragar a viagem.

 

Precauções: Antes de viajar de carro, faça uma boa revisão no veículo e verifique se os pneus estão em boas condições. Tenha todos os equipamentos (estepe, triangulo, chave de roda, cintos de segurança, etc) em dia. Também compramos um reparador de pneu instantâneo. Outra dica é levar um kit de primeiros socorros para alguma eventualidade.

Moeda: A moeda utilizada é o Peso Uruguaio. Trocamos um pouco na fronteira de Chuy, pois na nossa região as casas de câmbio não trabalham com essa moeda. Naquele dia a cotação estava para cada R$: 1,00 = 8,30 pesos. Para hospedagem e aluguel de carros, o turista tem isenção de IVA e para restaurante desde que efetue o pagamento com cartão, tem 18,5% de desconto do IVA. Essa regra por enquanto vale até 21/04/2017. Pesquise a situação atualizada para o período de sua viagem.

Dica: Com esse desconto do IVA, vale muito a pena pagar as despesas em restaurantes com cartão de crédito, pois o desconto é bem maior do que o custo com IOF.

Nas cidades turísticas é comum aceitarem o pagamento em reais. Nós preferimos usar mais o cartão de crédito. Mas se precisar trocar dinheiro é fácil encontrar casas de câmbio nestas cidades. Fora das cidades turísticas é bom ter a moeda local e cartão de crédito para possível necessidade.

Roteiro resumido de viagem desde Campos Novos/SC:

Farei posts detalhados sobre os passeios, hotéis e lugares que conhecemos. Aqui é apenas um resumo que pode ajudar quem estiver se programando.

Dia 01 (domingo): Nossa viagem começou no domingo de Natal, após as comemorações com nossas famílias. Saímos de Campos Novos por volta das 16:00hs e fomos até Bento Gonçalves/RS, onde passeamos um pouco pelo Caminho das Pedras, jantamos na Pizzaria Dom Pepe e dormimos no hotel Super 8.

Dia 02 (segunda): Saímos de Bento Gonçalves por volta das 06:00hs da manhã, entre outras cidades, nossa rota passou por Porto Alegre, Pelotas, e pela fronteira das cidades de Chui (brasileira) e Chuy (uruguaia). Depois seguimos a Punta Del Este, onde ainda tivemos tempo de fazer check-in no 20 Hotel, ver o pôr do sol na Casapueblo e jantar tranquilamente.

Dia 03 (terça-feira): Passamos o dia passeando pelos principais pontos turísticos de Punta Del Este e no final do dia seguimos à Montevideu onde ficamos hospedados por 03 noites no Hotel Regency Way Montevideo.

Dia 04 (quarta-feira): Passamos o dia passeando em Montevideu.

Dia 05 (quinta-feira): Pela manhã visitamos o estádio Centenário. Pela tarde, visitamos a vinícola Bouza. Final do dia visitamos o famoso Café Brasileiro.

Dia 06 (sexta-feira): Retornamos ao Brasil, pela fronteira das cidades de Riveira (Uruguaia) e Santana do Livramento (brasileira). Dormimos em Santa Maria/RS.

Dia 07 (sábado): Fizemos o trajeto final até Campos Novos/SC.

Abaixo o mapa da rota:

Mapa da rota Uruguai

É possível fazer o trajeto em menos tempo? Sim, é possível. Mas mais cansativo. Poderíamos ter ido até Punta Del Este em 01 dia, e também poderíamos ter voltado de Montevidéu em apenas 01 dia. Mas seria um dia bem intenso de viagem, além de termos de viajar a noite também. Da forma que fizemos foi mais tranquilo e viajamos somente de dia que é mais seguro.

Estradas:

Ida: O trecho que fizemos de Campos Novos à Bento Gonçalves, apesar de ter bastante curvas as estradas estavam boas. O mais complicado da rota de ida foi em Porto Alegre para pegar as saídas corretas, mas como estávamos com GPS foi tranquilo. Depois de Porto Alegre o trecho tem muita reta e as estradas estão boas. A partir de Pelotas há vários trechos com obras paradas de duplicação.

Abasteça bem o veículo e coma bem até Pelotas, pois a partir da entrada de Rio Grande, caminho da reserva do Taim até próximo à fronteira, andamos em torno de 220km para passar por um posto de combustível. Quando finalmente encontramos, paramos para comer alguma coisa. As estradas estão em boas condições e são retas intermináveis.

Neste caminho, passamos pela reserva do Taim, no local é preciso andar muito devagar para não correr o risco de machucar algum animal que porventura esteja atravessando a pista. Mas muitos motoristas não respeitam e vimos muitos animais mortos na beira da pista. Este trecho é bonito e é possível avistar alguns animais.

Aproveite para abastecer na fronteira. As estradas no Uruguai que passamos são todas muito boas. Mas da fronteira até Punta Del Este também é difícil encontrar lugares para parar. Apesar de estarmos perto da costa, a paisagem era de muitos campos de gado e pouquíssimas construções. Transito muito tranquilo, sem comparação com o trânsito brasileiro.

De Punta Del Este à Montevidéu: Ótimas estradas. Levamos em torno de uma hora e meia.

Volta: Gostamos mais do caminho que fizemos de Montevidéu até a fronteira de Riveira/Santana do Livramento, do que o trajeto que fizemos na ida. Por este caminho passamos por mais cidades, com mais estrutura e também fizemos um trecho maior dentro do Uruguai para aproveitar bem as ótimas estradas deles.

De Santa Maria/RS a Campos Novos/SC, pegamos trechos ruins, curvas e alguns trechos melhores. Basicamente o padrão das nossas estradas, infelizmente.

Pedágios:

Tem vários pontos de pedágio. No Uruguai o valor de cada pedágio ficou na média de R$: 10,00. Gastamos um total de R$: 111,36 em pedágios. Mesmo no Uruguai aceitam pagamento em reais.

Quantidade de dias em cada lugar:

Em Punta Del Este nosso objetivo não era ir na praia e nem fazer compras. Então 01 dia inteiro de passeio foi suficiente para conhecermos os pontos turísticos de nosso interesse. Caso queira curtir a praia ou fazer compras, sugiro aumentar a quantidade de dias.

Em Montevidéu 02 dias inteiros de passeio também foram suficientes para aproveitar as principais atrações. Se tiver a possibilidade de ficar mais dias, poderá aproveitar mais ainda.

Se eu tivesse mais dias no Uruguai também visitaria as regiões de Carmelo e Colônia do Sacramento. Quem sabe até daria uma esticada até Buenos Aires/ Argentina, partindo de Colônia do Sacramento.

Nosso grupo: 

Viagem de carro ao Uruguai 1

Essas são as dicas práticas da viagem! Espero que tenha sido útil para quem está se programando!

Em breve teremos posts sobre os lugares que conhecemos!

Deixe sua dica, dúvida ou comentário abaixo!

Até logo!

Dani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *